Skip directly to content

Projeto de Lei prevê alterações no sistema do transporte coletivo

18/06/2020 - 14:15

Junior Longo apresentou algumas emendas para o projeto de lei que vem do executivo para melhorias do transporte coletivo

O projeto de lei, apresentado pela prefeitura de Campo Grande, favorável às emendas propostas pelo vereador Junior Longo, foi votado hoje, dia 18/06/2020.

As emendas apresentadas pelo parlamentar, pedem que:
- A concessionária seja obrigada a apresentar certidão negativa de débitos municipais, sempre que for pedir a revisão ou reajuste de tarifa, ou seja, a empresa não vai poder ter atrasos e nem multas em suas viagens.

Os carros serão vistoriados anualmente pela AGETRAN para verificação das condições de higiene, conforto e segurança, fazendo com que a população tenha sempre ônibus com condições de rodar dentro da cidade.

Outra coisa importante será a dispensa de pagamento na ausência de troco, considerando o passageiro como pagante. Ou seja, as pessoas que vão passar pela catraca do ônibus e precisarem pagar a passagem em dinheiro, e o cobrador não tiver troco, poderá passar sem precisar pagar. Mas isso somente em carros em que o cartão não estiver ativo.
 Tudo isso vai fazer com que a concessionária de transporte público, possa melhorar os serviços para a população e fazer com que seja penalizada quando não atender as necessidades da população, o que hoje em dia, não acontece.

Junior Longo faz questão de afirmar que este projeto poderá sim, melhorar o transforme publico em Campo Grande: “Esse projeto poderá fazer com que a concessionária tenha maior interesse em melhorar os serviços oferecidos para a população e quando ela for penalizada, terá a chance de se ajustar.”